fim de tarde típico em BH

Michelle Rocha

Fim de tarde típico em BH

A história do bolo:

Neste bolo eu quiz retratar um fim de tarde típico em BH, com alguns pontos turísticos e seus costumes.

Lagoa da Pampulha com as pessoas se exercitando.

Praça 7 já em ritmo de Happy Hour.

E a praça do Papa com um casal apaixonado.

Nas 2 primeiras cenas temos a representação dos bares de BH, com as mesinhas e bebidas.

E o bolo assim como BH é todo rodeado pelas nossas belas montanhas.

A minha história na confeitaria:

Me chamo Michelle, tenho 32 anos, sou mãe e esposa.
Comecei a fazer os bolos de aniversário da família com uns 11 anos, e desde então era eu quem os fazia…todos adoravam! Eram muito gostosos, mas nada apresentáveis.

Nunca havia trabalhado profissionalmente com bolos até o início de 2020, quando decidi investir em alguns cursos e aprender a fazer bolos gostosos e bonitos, e me encontrei na Confeitaria!

Nunca tive tanta paixão por um trabalho, como tenho ao criar um bolo, massa, recheio, decoração, amo cada etapa.

E desde Janeiro deste ano venho me dedicando a cursos e especializações nesta área, deixei de lado o trabalho como empreendedora do ramo de telefonia para me dedicar inteiramente a esta paixão: Meus bolos!

Minhas redes sociais:
Instagram: @michellerochacakedesigner
Facebook: Michelle Rocha

Restaurante

Shirley Moraes

Restaurante

O meu nome é Shirley Moraes trabalho com bolos a 6anos e meio e dou aulas em ONGs e particulares já a 3 anos.
O desafio do confeitar minas pra mim foi muito especial expor um bolo com um tema tão diferente, eu na hora só pensei o que eu poderia fazer que lembra se Minas ?! Pra mim Minas as lembranças são colinas lindas mato e mais mato kkk
Então eu projetei no bolo um restaurante chique rsrs, aonde ele lembra-se jardins e colinas e comida boa o troféu do lugares que foi dado pela Unesco dos melhores restaurantes do Brasil.

Lagoa Azul na Serra do Curral 2

Anna Martins

Lagoa Azul na Serra do Curral

Meu nome é Anna Martins 41 anos, sou mineira uai de Sete Lagoas, casada com um lindo presente de DEUS, Frank Martins, e como fruto dessa união fomos agraciados por 2 vezes primeiro com Sara e 2 anos depois com Raquel, sou Cristã Evangélica e creio muito que a gastronomia, em especial a confeitaria cura, salva, liberta e ensina que existe muito amor nesse ambiente da cozinha. Estou no ramo da confeitaria a quase 2 anos e a cada dia buscando aprender e conhecer mais da arte de trabalhar com a doçura.Meu bolo é inspirado na “Lagoa Azul na Serra do Curral”, que pra mim representa bem lindo fim de tarde com um  Belo Horizonte.